sexta-feira, 16 de abril de 2010

Sublime Amor

Se em todas as partes da Terra, além dos oceanos e em recantos longínquos, buscarmos uma significação maior para o cândido amor e a bondade, para a ternura em sua expressão superior...


Se auscultarmos os corações – nos lares opulentos, na intimidade dos grandes burgos, ostentando magnificência e beleza, ao mesmo tempo, nas mansardas miseráveis e rústicas onde singulares padecimentos subjugam vidas, retificando caracteres...


Se inquirirmos aos que jazem sobre os grabatos dos sofrimentos acerbos e nos cárceres sombrios; nos leitos de enfermidades pungentes, nos descaminhos e desvarios do mundo...


Se questionarmos àqueles que se perderam nas sendas das quimeras passageiras o tangidos por compunções profundas...


Encontraremos em todos os lugares, e com cada alma, que vive e pulsa, nas superlativas dessemelhanças existenciais nos pisos terrenos, a sublime demonstração da afeição que Jesus soube verter às vidas peregrinas no planeta – o amor de mãe!



Irthes Therezinha Lisboa de Andrade
Helaine Coutinho Sabbadni


Do Livro Cartilha Evangélica / Nathanael e Espíritos Diversos

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário! Paz em Cristo!

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial