Desiderato Mediúnico


Mediunidade, percepção espiritual e manancial divino, adquirida por meio dos prélios reencarnatórios!
Disposição psíquica que se desenvolve e depura sob o guante das obsessões pertinazes ou nos exercícios sublimes da caridade e do amor, outorgando ao espírito a sensibilidade necessária e facultando o atilamento espiritual ao universo impalpável, além da propriedade de interpenetração no psiquismo do mundo físico.
Com liames expressos na indumentária carnal, a mediunidade exteriorizar-se-á de forma saudável e abençoada em conformidade com as disposições morais da individualidade, consoante às investidas individuais em prol da própria evolução espiritual.
No milênio que ora se estende aos espíritos em experiências na marcha planetária, não mais admitir-se-á o mito, a ignorância e a desinteligência no que se refira à potencialidade anímica, que em futuro, cada vez mais próximo, constituir-se-á recurso excelso das almas transformadas e um sentido a mais, a possibilitar os vôos maiores no relacionamento na esteira da evolução necessária.
Promanam dos denodados dirigentes espirituais, cujo desiderato é instaurar vida nova às almas em trâmite no Orbe Terrestre, enorme investimentos, maiormente junto àqueles que se fazem amanuenses sinceros das inteligências desencarnadas e servos leais de Jesus.
Neste momento planetário grave, as energias dos servidores animosos nos patamares terrenos são supridas e seus ânimos contagiados. Espíritos egressos dos grandes remorsos e das superlativas dores, nomeadamente, são convocados a atuar na esfera medianímica, enquanto cooperam no trabalho regenerativo do planeta, em socorro à ignorância e as misérias.
Todos aqueles, assomados dos dons psíquicos, que se enfileiram desinteressadamente, a fim de doarem-se legitimamente ao compromisso, no atual processo de convulsões planetárias, serão cada vez mais utilizados e solicitados pelos diretores da vida espiritual, como auxiliares prestimosos.
Médiuns! Servir com Jesus Cristo, ainda que como simples e pequenos cooperadores, compondo a falange dos destemidos trabalhadores da mensagem do Consolador é honra, sem igual!
Individualidade, equilibrada e serena –, médium tranquilo e imperturbável...
Individualidade, bondosa e fraterna –, médium eficaz e receptivo...
Individualidade desprendida das paixões e da materialidade grosseira –, médium com amplas e promissoras possibilidades, com aceno de mediunidade iluminada e missionária no futuro...
Individualidade abraçada à modéstia legítima e ao desapego, visando unicamente a instauração do amor que o Mestre solicita –, médium secundado por baluartes da dedicação no plano espiritual e candidato certo à ascensão definitiva!
 


 Julio Cezar Grandi Ribeiro
Helaine Coutinho Sabbadini
Livro: Cartilha Evangélica


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DEGUSTAÇAO - LIVRO FLORES DO CEDRON - EDITORA LACHÂTRE / PRELO

61º Aniversário do Centro Espírita Caridade e Virtude / APERIBÉ

Obediência & Resignação, Ética & Moral