Postagens

DEGUSTAÇAO - LIVRO FLORES DO CEDRON - EDITORA LACHÂTRE / PRELO

Imagem
DEGUSTAÇÃO
LIVRO FLORES DO CEDRON  Autora Helaine Coutinho Sabbadini
EDITORA DO INSTITUTO LACHÂTRE

Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas.
Deus é amor.[1]

Os Espíritos Superiores vos amam como os bons pais amam seus filhos; eles vos têm piedade, cuidam de vossos dias e buscam vos afastar de todo mal, como uma mãecerca o filho de todos os cuidados mais delicados, de todas as atenções necessárias à sua fragilidade.[2]

Dois mil anos da passagem do mestre Jesus pelos horizontes terrenos e parece que muito pouco há mudado. O amor e a superior abrangência espiritual, expressos Nele, certamente não distinguem gêneros, contudo, o perfil feminino no presente trabalho está a promulgar todas as almas sofridas e incompreendidas, eivadas em seus sagrados direitos nas sociedades desiguais de todos os tempos.

O Cristo vem ao encontro de todos nós, despertando-nos, conclamando-nos, estimulando-nos... Caminha ainda nos mesmos pisos de nossas lutas atuais ensinando-nos amorosamente a brevidade de todas as p…

Elizabetta de la Paz - lançamento pela Editora Lachâtre

Imagem
Aclimatado em pleno Século de Ouro Espanhol o romance retrata a belíssima história do reencontro de dois espíritos vinculados pelos laços da afeição milenar, embora, naquele período, membros de nações concorrentes; França e Espanha. Os líderes, em concordatas políticas, dispunham das vidas e sentimentos de sua prole adolescente em matrimônios estrategicamente arranjados; lágrimas, mortandades, dores inomináveis e suicídios marcaram muitas existências. O Século de Ouro é conhecido como um dos mais magníficos períodos da história da humanidade, malgrado as deploráveis atuações inquisitoriais fomentadas pelo conturbado Prior Tomás de Torquemada. A narrativa convida o leitor à França de Catarina de Médici, denudando a breve existência de sua filha, Isabelle de Valois, e de seu atormentado irmão Carlos IX, comprometido com a tenebrosa Noite de São Bartolomeu. Ressurgirão, como florações de nova primavera, ações de almas genuinamente cristãs, como as da monja Teresa D’Ávila.
Imagem
"Popularidade? É da glória um troco pequeno."
Victor Marie Hugo
GLÓRIA(lat. glorĭa,ae 'id.) SINÔNIMOS: notoriedade adquirida por feitos heróicos ou grandes méritos, obras ou por suas extraordinárias qualidades. Pessoa ou obra famosa; motivo de orgulho, de exaltação. Grandeza, honra, grande beleza; esplendor, fausto, magnificência ou beatitude celeste.
POPULARIDADE(lat. popularĭtas,ātis 'afeição ao povo, inclinação a favorecê-lo') SINONIMOS: Caráter de uma pessoa que tem as simpatias do povo; estima ou preferência pública.

E nesse jogo perigoso, incontáveis buscam, antes, o “troco pequeno”, a tão ambicionada popularidade, em lugar daquilo que naturalmente daria consequência a ela... Mas, como nada na vida se constrói às avessas, nenhum edifício eleva-se às alturas sem alicerces bem sólidos, a popularidade vem pobre, sozinha, desamparada, ignorante, sem glória, sem extraordinárias qualidades, sem nada.... A pressa é grande... A pressa tem sido grande... Não raras veze…

Obediência & Resignação, Ética & Moral

Obediência e Resignação, Ética e Moral
Interessante, e instigante, avaliar conceitos, normas, leis, proposições sociais/comportamentais etc (dentro ou não de suas épocas históricas) sob a luz da compreensão Espírita. Que gigantesco leque se abre fazendo-nos abranger delicados valores e sentidos jazendo sub-reptícios sob a aluvião dos acontecimentos, de ordem social, pessoal, moral.
Principiamos por refletir: o que é obediência? O que é resignação? O que é ética? O que é moral no comportamento humano? Percebemos que, para além, da obediência julgada primitivamente subserviência; da resignação julgada covardia; da ética julgada insipiente e da moral julgada como retrocesso por muitos, remanesce um oceano de cogitações filosóficas e espirituais de valiosíssimo teor.


Não existe um espírito sequer isento de obediência, de ética, de moral ― como espelho da mesma ética (realidade espiritual de cada um). Já a resignação é atributo das grandes almas... Se considerarmos o terreno da obediência som…

"Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.”

Imagem
Vivemos sobre estruturas culturais e religiosas que remanescem desconhecidas, ainda assim cultivadas e celeradas ardorosamente. 

Em pleno século XXI cultuamos tradições estrangeiras que nos foram impostas pelo capitalismo selvagem, e ainda dizemos: muito obrigado. Lembrar a imolação do Cristo, em muitas instâncias na atualidade, é afundar-se num “sem fim” de posturas e comemorações completamente desassociadas do recolhimento e da prece sincera que brota do âmago da alma.
A Páscoa ou Pessach do hebraico “passagem” é uma celebração judaica (relatada no Antigo Testamento) referente à saída dos judeus do Egito (vide Êxodo), mas depois se tornou uma celebração cristã por conta do Concilio de Nicéia, acontecido em 325 d.C.. Neste período, os clérigos tinham a expressa preocupação de ampliar o seu número de fiéis por meio da adaptação de algumas antigas tradições e símbolos religiosos a outros eventos relacionados ao ideário cristão. A partir de então, observaríamos a pintura de vários ovos co…

Francisco de Assis - O Alter Christus Lançamento Julho 2014 - Ed. Lachâtre

Imagem
Livro biográfico com belas ilustrações de Takis Alexiou.
Esta obra narra a belíssima trajetória do mais elevado espírito, excetuando o Cristo, que já reencarnou nas paragens de lutas planetárias. O zênite na evolução humana é apresentado com profunda beleza e transcendentalidade, em fidedignas molduras históricas. Francisco viveu legitimamente os ensinos de Jesus, sendo dele um cristalino espelho. Resgatar tão magnífica vivência é indispensável ante os desafios da atualidade